Por Paulo Roberto Conde Medalhista olímpico, campeão mundial, melhor do planeta. Esses títulos são comumente associados ao judoca Tiago Camilo, 32. Mas o grande ippon que o paulista tem marcado é fora do tatame. No último dia 13, o instituto que leva seu nome completou dois anos de existência. O projeto, criado em 2012, atende

Ser judoca não é só no tatame

quinta-feira, 05 junho 2014 por
“Quero ir para a Olimpíada de 2016 e trazer a medalha de ouro que me falta. Assim vou poder terminar meu ciclo olímpico com tudo o que sonhei.”  Essa é a expectativa de Tiago Camilo, judoca medalhista de prata na Olimpíada de Sydney, em 2000, e de bronze na de Pequim, em 2008. Assista ao
Instituto Tiago Camilo e CEU Paraisópolis apresentam o 1º campeonato Pré-Interceus de Judô
segunda-feira, 26 maio 2014 por
Neste sábado (31), a partir das 9h, o CEU Paraisópolis junto ao Instituto Tiago Camilo realiza o 1º Pré-Interceus de Judô, na própria unidade. O festival tem como objetivo a confraternização entre as crianças, o estímulo à prática e o incentivo aos atletas que estão iniciando no esporte. São dez CEUS participantes, cerca de 200
Tiago Camilo se divide entre treinos e projeto social na volta aos tatames
terça-feira, 29 abril 2014 por
Após um ano afastado por lesão, judoca disputa o Pan-Americano em Guayaquil e, em paralelo, comanda um projeto na comunidade de Paraisópolis, em São Paulo Por Guilherme Costa São Paulo Dono de duas medalhas olímpicas no judô, uma prata em Sydney 2000 e um bronze em Pequim 2008, Tiago Camilo disputa neste sábado sua primeira
TOP